quarta-feira, 28 de abril de 2010

DIETA BRANDA



Aos poucos tudo vai melhorando!

Além da nova dieta, tenho me sentido melhor, mais disposta!

Embora eu me olhe no espelho e não veja nenhuma diferença, o peso na balança, as roupas e algumas pessoas me fazem perceber que realmente estou emagrecendo.
Faz tanto tempo que eu não sei o que é ter menos de 100kg (já cheguei a 114 há uns anos atrás), que nem acredito que nesse momento eu possa estar com dois dígitos na balança (digo "possa", porque só vou me pesar dia 7 de Maio, quando será a consulta com meu médico,então, não tenho certeza). Claro que dei uma espiadinha na balança do shopping há dois dias, mas nela eu havia engordado, então preferi não acreditar,rsrsrs. Ontem, na balança de casa eu tive uma surpresa: já perdi mais que os 9kg que postei aqui quando completei 1 mês de operada.

Ontem foi a reunião da equipe do Dr. Jamel (ocorre toda última terça-feira de cada mês), e como sempre amei! Não é à tôa, que pessoas que operaram há anos, ainda compareçam às reuniões. Claro que muitos assuntos acabam sendo repetitivos, pois a equipe tem que explicar tudo para quem é novo, mas mesmo assim, sempre é prazeroso ouvir. Além disso, sempre surgem novas perguntas, novos casos, enfim, como o próprio Dr.Jamel diz: é uma renovação do nosso compromisso com a gastroplastia, pois ela não faz milagre, ela só dá o START, e nós é que temos a responsabilidade de emagrecermos com saúde depois (é isso mesmo, pois tem gente que volta a engordar).

Para quem pensa que é fácil (operou e vai ficar magro pra vida toda), não é mesmo! Na verdade, depois da gastro, nós passamos a ter que seguir hábitos que antes de operar nós não tínhamos, como comer adequadamente, fazer exercícios, enfim, é uma "dieta" pra vida toda. Acho que, o que facilita é que o estômago estando menor, a gente não pode comer demais, mas pra isso, temos que escolher bem o que comemos, pois de nada adianta comer por exemplo, lasanha o dia todo (mesmo em porções pequenas).

Agora sim, me sinto totalmente feliz com a cirurgia, mesmo ainda estando gorda. Eu digo agora, porque antes de 1 mês de operada ainda me incomodava sentir dores nos pontos, tomar coisas líquidas ou comer pastosas, tomar centrum batido no liquidificador, etc.

Ontem na reunião, descobri que fui uma exceção em relação à dor pós-cirúrgica. A maioria das pessoas não sentiram dor nenhuma, e eu senti muita! Mas as enfermeiras sempre administravam Dipirona, então aliviava. Outra exceção foram as náuseas. Não senti nenhuma, e já ouvi muitas pessoas dizerem q ficaram enjoadas.

Sobre o CENTRUM: não tomo mais batido (eca), agora eu corto ao meio e tomo normalmente as duas metades (NÃO FOI ORIENTAÇÃO DA NUTRICIONISTA! EU QUE RESOLVI FAZER ASSIM, DEPOIS QUE UMA AMIGA QUE OPEROU COM OUTRO MÉDICO ME DISSE QUE A NUTRI DELA FALOU PRA TOMAR ASSIM! )

Bom, depois desse resumo, vou falar como está sendo a minha dieta.

DIETA BRANDA (O QUE MUDOU?)

-Pode manter os alimentos anteriores a esta dieta, porém algumas mudanças foram acrescentadas

-Usar uma colher de chá de oleo de canola no almoço e outra no jantar

-Pode comer arroz (substituições: macarrão tipo argolinha, batata, inhame e aipim)

- Pode comer feijão com caroço

-Pode comer pão (1 fatia de pão de forma sem casca OU 1 biscoito cream cracker OU 1 biscoito água e sal OU 1 torrada OU pão pequeno macio)

-Além do queijo minas (que já podia na dieta pastosa, mas amassado, agora pode comer a fatia inteira), pode comer requeijão light OU geléia diet.

-A fruta já não precisa amassar

-Quantidade de líquido: 100 a 150 ml por vez

Já mudou bastante! Agora estou comendo "quase" normal, rsrsrsrs!
Sinto muita saudade de comer saladas com alimentos crus (cenoura ralada, repolho, couve, brócolis, etc) mas ainda não pode.

Prometi visitar os blogs até Domingo passado e não cumpri! Então, vou começar agora!

Beijão a todos!

Cris

3 MILHÕES DE PESSOAS COMENTARAM!:

Jaqueline disse...

Cris, acho que o emagrecimento varia de pessoa pra pessoa, principalmente em relação ao percentual que é preciso emagrecer. Meu tio, que já fez 1 mês de operado, emagreceu 25 kg no primeiro mês, mas ele tinha 260 kg, então ele emagreceu quase 10% do peso dele, o que é um exagero para o primeiro mês, segundo o médico dele, mas a revolução na alimentação dele foi chocante. Ele comia 5 bifes e bebia 2l de coca-cola facilmente e de repente tinha que ficar uma semana tomando líquidos num copinho de café. O organismo dele levou um choque, pois ele nunca havia conseguido levar uma dieta adiante. Como você citou, cada caso é um caso e é fundamental fazer o acompanhamento e frequentar as reuniões, pois sempre se aprende mais alguma coisa e se troca experiências. Sem contar com o 'contato' constante com um mundo que você nunca mais vai poder abandonar e nem esquecer. Boa sorte nessa nova fase. Estou torcendo por você!!!

Anônimo disse...

Oieeeeeeeee

Tava olhando suas fotos no orkut agora mesmo e vc tá ficando mais linda do que já é :)
Foi bom passar por aqui pq eu precisava ler "é uma renovação do nosso compromisso com a gastroplastia, pois ela não faz milagre, ela só dá o START, e nós é que temos a responsabilidade de emagrecermos com saúde depois" pq eu voltei a engordar, relaxei, mas estou tentando voltar aos eixos. Então Cris, o que tenho a lhe dizer, aproveite esse primeiro ano de operada, que é a lua de mel com a cirurgia e emagreça muitoooooo e continue indo às reuniões sim, pois elas ajudam muito a ñ esquecermos de onde viemos e não pretendemos voltar, certo?
bjosssssssssss

Anita
fofada.zip.net

Beth disse...

Tetê Cris, primeiramente parabéns pelos avanços, notei no seu último post uma consciência muito clara, muito verdadeira do que é a gastroplastia, do papel dela e do que é e será o seu papel, após ter-se submetido a ela. Parabéns também pelos progressos na redução do peso, mesmo que você ainda não perceba tanto ao se ver no espelho. Se as pessoas notam, se a roupa 'nota' (rs) e se a balaça nota, então é só questão de tempo você notar também. É que a gente tem expectativas de ficar do jeito X e aí, enquanto não chega a algo parecido com aquilo que imaginou para determinado período, pensa que não está progredindo. Mas está sim e pelo que noto, você etsá muito bem.
Achei bacana você responder aos comentários, no outro post. E uma das respostas foi para mim, sim, eu que tinha colocado aquele comentário sobre a preocupação com o 'chamar o Raul'. Eu realmente tinha me preocupado, admito, pensando que você estivesse se referindo a uma indução do vômito. Então, peço publicamente desculpas a você pelo mal-entendido, sendo que o que eu registrei foi por preocupação com você, de quem gosto muito, e não com a intenção de criticar, magoar ou algo assim tá?
Acho bacana você continuar frequentando as reuniões, achei muito interessante a abordagem do médico que as conduz (percebi sinceridade, honestidade, clareza, responsabilidade) e acho que tudo vai dar mais que certo. Você é jovem, linda, inteligente, sabe o que quer, sabe o que já passou e jamais passará de novo se Deus quiser e está no seu caminho. Felicidade, cntinue firme, estou sempre na sua torcida, jamais duvide disso. E tendo um tempinho, apareça no meu cantinho, tenho saudade das suas visitas viu? Beijo.