quarta-feira, 21 de abril de 2010

PRIMEIRO ENTALO


Antes de operar, eu já havia sido avisada sobre isso, mas no dia 16 de Abril (um dia antes de completar 1 mês de operada) eu senti o quanto é doloroso entalar com alguma comida.
O entalo pode acontecer por vários motivos, e eu sei o que me fez passar por isso: comi rápido e a comida desceu inteira.
A boa mastigação é essencial para os gastroplastizados! Claro que até pra quem não é, mas nesse caso, em especial, evita muitos desconfortos.
Me entalei com peito de frango, bem desfiadinho. Quando estava acabando a comida é que eu me descuidei e algum pedacinho de frango ficou no meu esôfago.
Pra quem não sabe, dói! Você sente que a comida ficou no meio do caminho, e no meu caso doeu nas costas (pra quem já teve filho, foi como contrações, só que num lugar diferente, srrsrs).
Cheia de esperança, tomei um gole de água pra ver se empurrava o alimento, mas não deu certo! A água não passou e eu coloquei tudo pra fora! Gente, a maioria das pessoas não gosta de vomitar, é chato mesmo, mas há alguns anos eu não tenho mais esse nervoso, pois sempre foi um alívio eliminar o que me fazia sentir mal. Depois desse episódio nogento, eu fiquei bem.
No dia seguinte, jantei fora e tive outro entalo (aff!), dessa vez foi peixe. E olha que eu havia comido dois sushis e nada aconteceu.Mas no final da comida , lá estava o peixe no meu esôfago!
O pior foi estar na rua, acabou toda a diversão! Tive que voltar pra casa. Mas quando cheguei em casa, já tinha passado, acho que foi por ter caminhado, o peixe deve ter descido para o estômago.
A experiência que eu tiro desses dois episódios é que eu devo mesmo ser mais atenta na mastigação (tem que ter muita paciência), e caso aconteça novamente, vou tentar caminhar pra ver se desce, e se não descer, chamar RAUL!

MASTIGUEM MUITO!!!!! #ficaadica

Beijossssssss!

Cris

6 MILHÕES DE PESSOAS COMENTARAM!:

silvinho1964 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ebmacedo disse...

Oi Cris! Pois é, querida... Eu já entalei e dói mesmo. Só tem noção quem passa. Mas se dá por pura ansiedade em não comer bem lentamente e não mastigar bem tb. Mas depois que conseguimos nos "controlar" fica td mais fácil. E qto mais molhada a comida melhor me desce... Mas eu tenho anel né... Não sei se a sua equipe usa. Isso eu confesso que é um execelente limitador prá mim. Aliás, prá mim e prá muitos! rs É isso, querida. O grande lance é: disciplina! Bjs e bom feriado!

Suenia_Paraíba disse...

Crisssss, finalmente tô conseguindo comentar... menina, desde que tu operou que venho aqui e nada de conseguir enviar um comentário... afff!! rssrs... Só pra constar: já li tudinnnnnn e tô adorando a riqueza de detalhes... a maioria das meninas, só contam as coisas bemmmmm por cima...
Ei mocinha, trate de cuidar dessa mastigação direitinho, viu?!! nada de pressa, nada de comer o que não tá permitido, nada de atropelar as etapas... Se cuida, se cuida, se cuida!!! rssrs. A cicatriz ficou grandona, né?! mas como tu é branquinha logo logo, ela some! o que importa é que vc tá com saúde e vai ficar com muito mais...Ahhh a perda de peso tá ótima, quando que, sem cirurgia, alguém consegue eliminar tanto peso em um mês?! tá excelente amiga... eeei, mesmo sem comentar(como tava, por não conseguir) eu tô por aqui, viu?!! tô acompanhado tim tim por tim tim, sua recuperação, evolução, renascimento, superação, vitória e determinação!! Bjãããão pra tu! Saudades!

Dani disse...

Pois é Cris
Tem comidas que antes eu mava como peito de frango. Que hoje não cai bem.
Minha nutricionista mesmo me disse que é uma carne muito seca, mesmo com molhos e afins.
Não como mais. Passei para a sobrecoxa, que eu odiava.
Mudanças..fazem parte.
Peixe acho tão barbada. Só entalei uma vez e com carne mesmo.
Mastigue bem.
beijo

Beth disse...

Posso dar um palpite? Bom, você me conhece e sabe que, deixando ou não, eu vou dar né? rsssss
Minha querida, não queime etapas, como disse a Suenia_Paraíba no comentário que deixou antes de mim. Você passou por um procedimento especial, é uma cirurgia complexa, você naturalmente deve ter passado por reuniões preparatórias, sabe que terá muitos passos a dar, muitas adaptações a aprender na sua rotina alimentar, tenha calma. Me preocupei muito, sinceramente, com a sua naturalidade em utilizar o recurso 'chamar o Raul' sempre que algo não lhe fizer bem. O melhor mesmo é alimentar-se corretamente, mastigar bem (é um aprendizado, eu sei), assimilar um jeito novo de comer, com quantidades apropriadas, do jeito que o seu momento permitir conforme orientação médica etc. para justamente não ter estes contratempos e não precisar vomitar, não sentir-se mal etc. tá?
Lembre-se, Tetê Cris, a cirurgia da mente, só você faz, realmente absorvendo e enraizando um jeito novo de pensar, que a levará a um jeito novo e adequado de agir. É por você, é por amor a você, que você deve ter esta paciência e esta concentração maior viu?
Beijos

maria disse...

admiro sua coragem!
sorte amiga!
beijos

projetomusanaareia.blogspot.com/